Blog

01

“As pessoas mais bem-sucedidas adotam uma atitude mental que não apenas faz seus dias de trabalho ser mais toleráveis como também as ajuda trabalhar mais rapidamente por mais tempo e se empenhar mais do que seus colegas com atitude mental negativa. Essas pessoas basicamente utilizam atitude mental positiva para assumir o controle do seu próprio tempo.”
O que Schawn Achor mostra em seu livro “O jeito Harvard de ser feliz”, que quando estamos trabalhando, ou estudando algo que nos parece interessantes devemos encarar como uma oportunidade.

Ele citou um exemplo que me chamou a atenção: “Em uma reunião, curso ou palestra maçante, direcionar o pensamento para outros pontos, como por exemplo: os slides poderia ter outro fundo? Como eu abordaria esse assunto de forma mais criativa? Qual a melhor maneira para lidar com as perguntas dos colegas? Isso nos faz deixar de tratá-los como trabalho penoso e chato e aproveitar para aprender.”

“Quando nos conectamos com o prazer dos “meios” em vez de conectar apenas com o fim, adotamos uma atitude mental em melhores resultados”.
( Livro “O Jeito Harvard de ser Feliz” – SCHAWN ACHOR)

E você, lida como com seus problemas? Foca naquilo que é negativo, que não deu certo ou corre atrás para encontrar novas alternativas e por ventura o sucesso?
Quando fazemos algo esperando apenas que dê certo, imaginando que sempre o sucesso acontecerá no primeiro momento, provavelmente a frustração será grande.
Todo insucesso, toda falha, todos os erros nos servem de crescimento. Mas devemos estar atentos, para não repetir sempre os mesmos erros e deixar a oportunidade de crescimento passar, sem uma mudança.

Fazer uma reflexão, colocar em um papel o que foi válido o que não foi e por que, facilita a leitura para eventuais mudanças ou ajustes.

Leave a Comment

Your email address will not be published.